O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Diretrizes para Autores

Lumen Veritatis é uma revista trimestral e temática. Publica artigos originais e inéditos na área de Filosofia e Teologia, preferencialmente em português. São também aceitos os seguintes idiomas: alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e latim. Os artigos devem ter entre quatro mil e oito mil palavras, um resumo e uma respectiva tradução para o inglês de cerca de 100 palavras e 3 a 5 palavras-chave. As resenhas devem ter no máximo duas mil palavras. As referências bibliográficas e as notas de rodapé seguem as normas da ABNT, ou da metodologia vigente no país do autor. Os artigos devem ser enviados à Revista em CD ou anexo de e-mail, juntamente com uma breve apresentação acadêmica do autor, afiliação, endereço postal e eletrônico. Todas as contribuições são analisadas por uma comissão de dois juízes especializados, que dão o parecer final através do Secretário Editorial. Caso o artigo seja publicado, o autor receberá três exemplares da revista. Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores.

Metodologia

A fonte adotada é a Times New Roman de tamanho 12 para o corpo do trabalho, 11 para citações maiores de 3 linhas e 10 para as notas de rodapé.

Espaçamento entrelinhas: 1,5 linhas (salvo nas citações maiores de 3 linhas, resumo, referências bibliográficas, notas de rodapé, as quais possuem espaçamento de 1 linha ou indicação contrária).

Espaçamento entre parágrafos: Mantém se o mesmo para entre linhas, ou seja, 1,5 cm, conservando 0 pt (antes e depois). A separação, portanto, entre os parágrafos e linhas é a mesma. Entre os tí­tulos e o texto deve haver uma separação de 1,5 linhas acrescidos de um espaçamento de 12pt antes e 6pt depois. A separação entre o corpo de texto e as citações longas (de mais de 3 linhas) se mantém em 1,5 linhas. Para tal efeito, pode-se ajustar o espaçamento entre os parágrafos para as citações para 6pt antes e 12pt depois.

Alinhamento: justificado em todo o trabalho a 3 cm da borda esquerda.

Recuo de 1,25 cm na primeira linha do parágrafo do corpo do texto. Nas citações longas, o recuo é de 4 cm para todo o parágrafo.

O número das páginas deve constar em algarismos arábicos na margem superior direita a 2 cm de ambas as bordas.

Texto em Lí­ngua estrangeira: 1) No corpo de texto é realçada pelo itálico. 2) Nas notas de rodapé não se utiliza nenhum destaque (normal).

A regra geral para citação para LIVROS é:

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo [se houver, sem itálico].[1] Local de publicação: Nome da Editora [omitindo-se as palavras “Editora”, “Editorial”, “Edições”, etc.], ano, v. [volume se necessário, em números arábicos], p. [página(s) exata(s) do excerto].

Exemplos:

RATZINGER, JOSEPH.  A caminho de Jesus Cristo. Coimbra: Tenacitas, 2006, p. 45.

POZO, Cándido. María, nueva Eva. Madrid: BAC, 2005, p. xxiv-xxvii.

 

PARA ARTIGOS (note que não há aspas no título, nem conectores “In:” ou “Em” e o ano não vai entre parênteses):

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo [se houver]. Nome do periódico, volume [em arábico, às vezes é indicado pela palavra “ano”, distinto do ano solar], número ou fascículo, data de publicação do periódico [aqui o mais importante é o ano solar], paginação.

Exemplos:

 

CLÁ DIAS, João Scognamiglio. Os carismas e as instituições jurídicas: A Graça e a Lei enquanto realidades harmônicas. Lumen Veritatis, v. 3, n. 11, 2010, p. 16.

BENNETT, Daniel. The Divine Simplicity. The Journal of Philosophy, v. 66, 1969, p. 628-637.

 

Para CAPÍTULOS DE LIVRO, observar:

Note que aqui se utiliza o conector “In”. O TÍTULO NÃO VAI ENTRE ASPAS.

SOBRENOME, Prenome do autor do capítulo. Título: subtítulo do capítulo [se houver]. In: SOBRENOME, Prenome do autor do livro [tipo de participação do autor na obra: org., ed. etc. se houver]. Título do livro: subtítulo do livro [se houver]. Local de publicação: Editora, data de publicação, Paginação referente ao capítulo.

Exemplo:

BERGMANN, Michael; BROWER, Jeffrey. A Theistic Argument Against Platonism (and in Support of Truthmakers and Divine Simplicity). In: ZIMMERMAN, Dean W. (ed.). Oxford Studies in Metaphysics. Oxford: Clarendon Press, 2006, v. 2, p. 357-386.

 

Para TEXTOS CLÁSSICOS, a edição crítica (normalmente abreviada) é utilizada entre parênteses:

AUGUSTINUS HIPPONENSIS. De vera religione, 55, 111 (CCL 32, 259).

CONCILIUM VATICANUM I. Dei Filius, III (DH 3010).

ALBERTUS MAGNUS. Super Sent., III, dist. 23, art. 6 (ed. Borgnet, 1893-4, p. 416B).

Obs.: Os nomes dos autores clássicos podem ser grafados na língua do artigo. Exemplo: Agostinho, Concílio Vaticano I, Alberto Magno.

 

[1] A partir da segunda edição, indicar em seguida ao título ou subtítulo, de modo abreviado (ex: 5. ed.).